Conecte-se Twitter Facebook Youtube Feed
Get Adobe Flash player
sabino Regis Racing

Matéria: Saveiro Turbo 500 HP

Segunda-Feira, 13 de Novembro de 2017.

SAVEIRO TURBO 500HP – RUA & PISTA

Assim como não existem pessoas exatamente iguais, o mesmo se aplica aos carros preparados. Mesmo tratando-se de uma das carrocerias e motores mais utilizados no Brasil, esta VW Saveiro tem personalidade e preparação única. O que a faz especial vai além do que os olhos podem ver. Parte disso é possível perceber quando você resolve sentir os 2,2bar de pressão do turbo empurrando a carroceria além do seu limite. A sensação de euforia e adrenalina toma conta do cockpit. Os pneus não dão conta de passar a potência para o chão e o giro não pára de subir. O motorista/piloto precisa ter muita frieza pra conseguir domar esse monstro de mais de 500hp!

Fernando Faria de Jesus, dentista paulistano de 31 anos, se apaixonou "a primeira vista" pela modalidade arrancada. Desde criança esteve envolvido com carros, através de seu irmão e amigos, mas foi em sua primeira visita no Autódromo de Interlagos que as coisas mudaram de rumo. "Assisti a uma etapa do Paulista de Arrancada e criei aquele desejo intenso de estar do outro lado, dentro da pista. Sabia que um dia isso iria acontecer. Bastava eu querer e lutar por isso", conta Fernando.

Em seu histórico de veículos preparados fica evidente a preferência pelo motor VW AP turboalimentado. Os que antecederam o atual projeto foram uma Saveiro G2 1.6 turbo com kit básico e um Gol 1.9 turbo com carburador 3E e 1,8bar de pressão.

Atualmente, seu brinquedo favorito é a "cadeira elétrica" de 1989: uma Saveiro em raro estado de conservação com mecânica 2.0L turbo que rende mais de 500bhp. Na última aferição no dinamômetro foram constatados 430hp, mas a configuração era outra e a pressão de turbo ainda era abaixo dos 2bar. A atual receita da mecânica será descrita na sequência.

No cofre da Saveiro, que ainda possui a carroceria com tinta original e túnel intacto, habita um bloco 2.0L com cabeçote do modelo EFi (bicos injetores acoplados no cabeçote) com fluxo unilateral (escape e admissão do mesmo lado). Todo o conjunto foi revisado, montado e acertado pelo preparador Fabrizio Mendonça da oficina BRIZZY, inclusive toda a parte elétrica.

Na parte de baixo do motor, virabrequim, bielas SPA e pistões de 83mm são forjados. A bomba de óleo Schadek recebeu retrabalho para garantir mais pressão e melhor lubrificação do sistema.

Subindo para o cabeçote, peça que também recebeu retrabalho da BRIZZY, o comando de válvulas Sam Cams 290º demanda a abertura e duração das válvulas de 33 mm x 40 mm no escape e admissão respectivamente. A admissão trabalha com coletor EFi de duas borboletas que acomodam duas bancadas de bicos injetores, totalizando oito bicos: quatro de 160lbs/h e quatro de 40lbs/h. O segredo da boa dirigibilidade na cidade está boa parte na escolha desses itens e no acerto da FuelTech FT300, que gerencia todo o sistema de injeção e ignição, em conjunto com o módulo Spark-Pro 4.

Passando para o sistema de sobrealimentação, o turbo que empurra 2,2bar de pressão máxima é um Holset HX40 montado no coletor tubular desenvolvido pela 4D Garage. Válvula de alívio e prioridade são da marca TiAL. Para alimentar a "branquela", duas bombas Dinâmica de 12bar garantem que o etanol chegue na quantidade certa, trabalhando em conjunto com o dosador Aeromotive.

Você deve estar pensando: "com toda essa potência, câmbio deve quebrar igual bolacha de maizena quando mergulha no leite". Pois é, amigo leitor. Você está coberto de razão. Antes da melhoria mais recente era exatamente assim. Blocante era um dos maiores problemas deste carro, como relatou o proprietário da Saveiro. Mas com a instalação do novo blocante Torsen e câmbio com engrenagens forjadas Sapinho, o problema foi resolvido. "Agora só falta as pontas de eixo de acordo, pois o risco de quebra foi transferido todo para elas", explica Fabrizio Mendonça, que também frisa a falta de aderência do carro. "Os pneus não são mais adequados para a potência dela, suspensão e embreagem idem. Serão estes os próximos upgrades", explica o preparador da BRIZZY.

Mas a história não termina por aí. Fernando e Fabrizio, piloto e preparador, irão desenvolver incessantemente a Saveiro até que ela chegue aos 7 segundos nos 201 metros e continue com boa dirigibilidade para andar nas ruas. Essa é a meta! 

Gostou da matéria e do carro? Não deixe de compartilhar nas redes sociais. O seu apoio é o que nos move!


Confira mais matérias com esta na Revista Autodynamics. Acesse: http://bit.ly/Clique_Leia_Autodynamics_51

Conheça também o novo parceiro da Autodynamics: Acesse: www.autobahn.net.br



Ceramic Power
Revista Autodynamics Regis Racing
Compartilhe com seus amigos:
Share

« Voltar