Conecte-se Twitter Facebook Youtube Feed
AFP
Revista Autodynamics Prado

Lights Out 7

Lights Out 7

Data: 18/02/2016 a 21/02/2016.

Local: South Georgia Motorsports Park - Cecil - Georgia - EUA - 201 Metros.

Autodynamics esteve na cidade de Cecil, estado da Georgia, EUA, para a cobertura da 7ª edição do Lights Out, evento organizado pela Duck X Productions que contou com mais de 450 carros equipados com pneus Drag Radial, mesmos pneus encontrados na categoria Turbo Traseira (TT) no Brasil. Considerado o maior evento do mundo para carros com pneus radiais, o Lights Out é sem dúvida um evento que nos mostrou um novo lado da arrancada norte-americana, uma competição muito impulsionada pelo que acontece nas ruas dos Estados Unidos. 
A popularidade dos carros de rua está diretamente ligada a imensa quantidade de fãs do programa Street Outlaws, programa exibido no Brasil pelo canal Discovery Turbo com o nome de “Corridas Proibidas”. Dois dos grandes destaques do programa estavam na pista. Big Chief com o novo CrowMod e o Chevy Nova preto fosco 1969, o Murder Nova, carro pilotado por Shaw Ellington. Autodynamics fez uma matéria completa do Murder Nova e você pode conferir em nossa revista, edição 45. Para isso, clique aqui.
Arquibancadas lotadas, superlotação no pré alinhamento e um clima de “pega de rua” impera no evento, com direito a apostas em dinheiro. Mas não há nada de ilegal, o evento conta com todo aparato para uma competição de altíssimo nível, com segurança para pilotos e equipes. 
O complexo South Georgia Motorsports Park (SGMP) conta com a pista de arrancada e uma pista oval. O espaço é imenso e não existem boxes. As equipes trazem os seus próprios motorhomes e montam todo aparato para a manutenção dos carros. 
O tratamento de pista nos chamou a atenção. Apenas três pessoas cuidam do tratamento de pista realizado com combustível e VHT da VP Racing. O emborrachamento da pista é o ponto alto, uma pista extremamente limpa. O grip é questão de segurança, portanto existe uma atenção muito especial para este quesito. Não vimos a aplicação excessiva de VHT, mas sim, a integridade e limpeza da pista. Por diversas vezes o excesso de borracha é retirado e remanejado para outros locais com a ajuda de maçarico e espátula. A prova é realizada na metragem de 1/8 de milha, ou seja, 201 metros. Os carros andam constantemente na casa dos 3 e 4 segundos, lado a lado! Acontecem poucas quebras de motores e a preparação mais encontrada no evento são os motores com nitro em sua maioria V8. Apesar disso, a tecnologia e desenvolvimento falaram mais alto e a grande vitória ficou para o biturbo com FT500!
Uma novidade para nós é a imensa quantidade de pessoas presentes no alinhamento. Um clima de rua invade o local. 
Ficamos da quarta feira até o domingo à noite na pista e tivemos orgulho de presenciar os diversos carros equipados com tecnologia brasileira. A FuelTech não foi somente um participante do evento, como também levou o prêmio maior na grande final. Pela categoria Radial X World, o piloto Keith Berry, piloto do Corvette ProLine FT500, faturou a grande final e levou para casa a quantia de 55 mil dólares! 
Você confere mais detalhes do Lights Out 7 na matéria do Murder Nova em nossa edição 45. Gostaríamos de agradecer publicamente o apoio da FuelTech USA e ProLine Racing para que esta cobertura fosse realizada e temos grande prazer de ver o nome do Brasil no lugar mais alto de um dos eventos mais disputados que tivemos o prazer de realizar a cobertura. Confiram milhares de fotos de quarta a domingo, além de galeria de vídeos que incluem a fábrica da ProLine Racing e a nova sede da FuelTech USA. 
Até a próxima!
Texto e Fotos: Rodrigo Vieira

Compartilhe com seus amigos:
Share

« Voltar