Conecte-se Twitter Facebook Youtube Feed
Master Power
Prado Metal Horse

Campeonato ECPA de Arrancada 2014 - 3ª Etapa

Campeonato ECPA de Arrancada 2014 - 3ª Etapa

Data: 18/07/2014 a 20/07/2014.

Local: Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo - ECPA - Piracicaba - SP - 201 Metros.

O Autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo) recebeu a 3ª Etapa do Campeonato entre os dias 18 a 20 de Julho de 2014. O evento contou com grande número de participantes nos três dias de evento. Os tempos baixos mostraram que a pista estava muito bem tratada. Outro fato que chamou a atenção foi o show de drift.

Destaque para os sete novos recordes estabelecidos nas categorias da prova. A categoria Turbo Traseira (TT), agora batizada de Turbo Traseira A (TTA) contou com novo recorde do Chevette AP 16v turbo de Luis Aranha. Pela Rapidus, o piloto baixou a marca que pertencia ao Opala de Cristian Julio. O piloto andou na casa dos 1.2 nos 60 pés e cravou 5.568s nos 201 metros. Outro recorde destaque foi de Carlos Eduardo Nascimento, o Kadu da Kadu Racing. A bordo do Gol do “Seu Lima”, beliscou os 5 segundos com 6.098s. Os jovens estão mostrando que o futuro da arrancada será muito emocionante, com pegas espetaculares! Patrick Ferreira andou pela primeira vez no ECPA com o Dragster Junior B, categoria batizada de Dragster Junior Graduados. Pela Dominator, o filho de Rodrigo Ferreira (R-X Motorsports) cravou o tempo de 7.815s nos 201 metros. 

João Mechi, com o Gol 8v, pela equipe Dragon Motorsports não bateu o seu próprio recorde: mas virou exatamente o mesmo tempo que foi seu recorde na etapa anterior: 7.041s. 


NÃO É HORA DE REVER OS CONCEITOS?


Abaixo você confere a listagem de tempos. Algumas categorias tiveram apenas um participante, o que impossibilita a realização do mata-mata. São elas: Standard, Street Tração Traseira, Turbo Traseira A, Turbo Traseira B, Turbo Street Traseira, Força Livre Traseira, Extreme 10.5”, Dragster Bike, Pro Mod e Dragster Junior C (Dragster Junior Mirim). O restante das categorias contou com mata-mata e fica a pergunta: Será que isso é emocionante para a arrancada, tantas categorias com apenas um participante? Isso não é culpa do ECPA: é uma mentalidade brasileira que é preciso ser revista, pois para o público, não há interesse em ver apenas um carro puxando em tantas categorias. E não pense que isso acontece somente em Piracicaba não, acontece em diversos locais. Será que não era de rever o formato, quem sabe deixando todos se enfrentar nas classificatórias, fato que iria gerar mais emoção para o público? Deixe a sua opinião abaixo:

Quadro de Recordes, clique aqui.



Campeões da Etapa/Evento

Tempos

Compartilhe com seus amigos:
Share

« Voltar